Explore uma representação interativa de como a ciência se processa. Página original em inglês Home Glossário pesquisa home Compreender a Ciência Para professores Biblioteca de recursos
Começando: Dicas para o professor

O início do ano letivo ou de um período oferece uma oportunidade para envolver os alunos em atividades que ajudam a explicitar a natureza e o processo da ciência. Este também é um bom momento para considerar as abordagens e práticas gerais que irá usar para reforçar esses conceitos chave ao longo do ano. Para não incentivar o desenvolvimento de equívocos, você vai querer rever equívocos comuns dos alunos sobre a natureza e o processo da ciência, bem como equívocos comuns acerca do ensino destes tópicos. Comece revendo as dicas em baixo e continue para as páginas seguinte para aceder a exemplos de atividades iniciais.

  • Familiarize-se com o Fluxograma da Ciência. Lembre-se que nem todas as suas aulas de ciência precisam de incluir todos os componentes do fluxograma, mas onde a oportunidade se apresenta, é importante torná-los explícitos aos seus alunos.

  • Considere a possibilidade de os alunos manterem um diário com reflexões pessoais sobre o trabalho desenvolvido nas aulas. Durante investigações laboratoriais, os diários podem ser usados para ajudar os alunos a manter o controlo sobre as suas ideias e sobre a evidência que apoia e contradiz ideias diferentes, mas eles também podem ser usados em conjunto com outras atividades de aprendizagem. Apresente os diários no início do ano letivo. Ao longo do ano, você pode propor aos alunos tarefas cada vez mais desafiadoras para incentivar entendimentos mais sofisticados.

  • Identifique as perceções dos alunos. Você pode ficar surpreendido com os equívocos que os seus alunos têm sobre a ciência. O Science Knowledge Survey (em inglês), do Evolution and the Nature of Science Institutes, pode ser adaptado para português, é rápido de elaborar, e vai ajudá-lo a obter uma compreensão de como os seus alunos percebem e se relacionam com a ciência. Estar ciente de ideias preconcebidas imprecisas vai ajudá-lo a desenvolver materiais e estratégias que ajudam os alunos a construir visões mais precisas da ciência em áreas chave do ensino.

  • Considere variar o formato das aulas de laboratórios e dos relatórios das aulas. Nem todas as investigações científicas começam com uma hipótese e nem todas as aulas de laboratório de estudantes o devem fazer. Algumas aulas de laboratório podem ser adequadamente concebidas como estudos mais exploratórios, talvez resultando em hipóteses para uma investigação mais aprofundada. Além disso, lembre-se de contrastar o processo que os alunos utilizam nas suas investigações com a maneira na qual os relatórios de laboratório são geralmente redigidos. Usar o formato padrão de relatórios de laboratório, sem ajudar os alunos a compreender a diferença entre o processo da ciência e como são formalmente apresentados resultados, pode incentivar a formação de equívocos pelos alunos.

  • Ao longo do ano, reforce as mesmas ideias em diversos contextos para que os alunos possam ver a aplicabilidade geral dessas ideias em toda a ciência.

  • Considere criar quadros de avisos que realcem os principais conceitos a respeito de como a ciência funciona. Por exemplo, um quadro intitulado "Caramba, estávamos tão errados sobre …" poderia incidir sobre as ideias de que a ciência é um processo em curso e que as ideias científicas são inerentemente provisórias. Os alunos podem postar recortes de notícias e artigos sobre novas descobertas científicas que modificam, põem em causa, ou invalidam ideias previamente aceites.

  • Em todos os níveis de ensino, a natureza colaborativa da ciência deve ser fortemente reforçada pela inclusão de atividades de grupo frequentes em sala de aula. Peça aos alunos para apresentarem as suas evidências e interpretações uns aos outros e para discutirem as suas ideias. Incentive o debate e esteja disposto a aceitar um impasse temporário, enquanto não há mais evidência, tal como os cientistas costumam fazer.

  • Analise e utilize as Dicas e estratégias adicionais no momento de planear as suas aulas para o ano letivo.

  • Reveja este artigo de Science Scope (em inglês) e use listas de palavras para combater equívocos acerca de ciência que provenham de confusões de vocabulário.

  • Mostre desde o início do ano que a ciência é criativa, dinâmica e divertida!

  • Converse com outros professores de ciências no seu departamento, escola ou zona. Como é que eles abordam a natureza e o processo da ciência no seu ensino? Tente coordenar os esforços para que os alunos recebam uma mensagem consistente e reforçada.


anterior
Implicações para a compreensão da natureza da ciência
seguinte
Exemplos de atividades iniciais


Salas dos professores
13-Univ 10-12 7-9 5-6 3-4 P-2

Recursos P-16


Guia do Compreender a Ciência


Quadro conceptual


Ferramentas didáticas


Dicas e estratégias


Como o Saber Ciência está a ser usado


Corrigindo equívocos


Equívocos acerca de ensinar


Investigação em educação


Brevemente!



Home | Acerca | Copyright | Créditos e Colaboradores | Contactos