Explore uma representação interativa de como a ciência se processa. Página original em inglês Home Glossário pesquisa home Compreender a Ciência Para professores Biblioteca de recursos
Conheça os seus alunos: Implicações para o ensino

Os alunos destes três níveis de ensino precisam de variedade. Embora seja importante que o conhecimento e a compreensão conceptual sejam baseados em experiências concretas, os alunos nestes anos do ensino básico vão-se aborrecer tanto com ensino baseado apenas na realização de experiências como com ensino baseado exclusivamente no livro de texto.

Alunos do 7º ano têm outros interesses, e muitas vezes querem testar as suas competências sociais, mesmo que incipientes. Alunos do 8º ano vão rapidamente e sem problemas converter uma aula de laboratório numa experiência social com pouco a ver com o que o professor pretendia. Os alunos que entram no 9º ano variam nas suas capacidades de raciocínio e preparação para aprender como duas grandezas podem estar relacionadas. Alguns alunos terão dificuldade em compreender as implicações de uma relação em que as variáveis são diretamente proporcionais, enquanto outros alunos estarão prontos para compreender relações inversas bem como outras, ainda mais complexas.

A chave para trabalhar com cada um destes níveis de ensino é mantê-los envolvidos e interessados. Os adolescentes raramente param para refletir. Eles vivem a grande velocidade. Planeie sequências de aulas com uma mistura de estratégias, desde a observação de coisas reais, à escrita, à leitura, à partilha por via oral e ao planeamento e realização de investigações. Quanto mais variedade e mais rápido o ritmo, mais adequado é o ensino para estes alunos.

É preciso criatividade para manter a atenção destes alunos. Use humor, traga objetos estranhos, conte histórias e faça perguntas intrigantes. Peça-lhes para experimentarem fazer puzzles ou para pensarem em casa sobre a questão debatida nesse dia durante a aula, e depois relatarem como foi. Envolva-os no planeamento do ponto central de algumas aulas. Eles estão prontos para assumir mais responsabilidade pela sua própria educação.

A capacidade de gerar uma hipótese é fundamental para a literacia científica. Esta capacidade foi desenvolvida até certo ponto em anos anteriores, mas os alunos nestes níveis de ensino deveriam ser capazes de ir além dos seus esforços anteriores, gerando hipóteses testáveis e alternativas. No entanto, ao testar estas hipóteses, os estudantes têm muitas vezes dificuldade em diferenciar entre variáveis controladas, independentes e dependentes. Da mesma forma, muitos alunos e adultos têm dificuldade em interpretar afirmações sobre as correlações entre variáveis, e tendem a assumir uma relação de causa e efeito que pode não ser justificada. Além disso, os alunos muitas vezes têm dificuldade em compreender os usos de modelos em ciência. Os professores devem proporcionar aos alunos oportunidades para praticar esses conceitos e ideias desafiadoras em múltiplos contextos.


anterior
A natureza dos alunos do 7º ao 9º ano
seguinte
Implicações para a compreensão da natureza da ciência


Texto modificado de Making Connections: A Guide to Implementing Science Standards © California Science Teachers Association. 1999. Todos os direitos reservados.

Salas dos professores
13-Univ 10-12 7-9 5-6 3-4 P-2

Recursos P-16


Guia do Compreender a Ciência


Quadro conceptual


Ferramentas didáticas


Dicas e estratégias


Como o Saber Ciência está a ser usado


Corrigindo equívocos


Equívocos acerca de ensinar


Investigação em educação


Brevemente!



Home | Acerca | Copyright | Créditos e Colaboradores | Contactos